Luciana + Guilherme + Miguel – Intimate

Mais um casal pra minha lista! Cada ensaio feito com esse clima possui uma magia impossível de traduzir em palavras. Há três anos fotografei o casamento da Lu e do Gui, num dia chuvoso de frente para o mar da praia da Ilhota em Itapema. E agora fotografo essa família linda com o Miguel completando dois anos, num dia lindo de sol na praia dos Amores.

XT1B6372

XT1B6341

XT1B6427

XT1B6459

XT1B6468

XT1B6476

XT1B6512

XT1B6530

XT1B6596

XT1B6606

XT1B6627

XT1B6687

XT1B6739

XT1B6753

XT1B6812

XT1B6855

XT1B6896

Retratos de família

Há 10 anos fotografo, e sempre tive a impressão exata de que “em casa de ferreiro o espeto é de pau”. Por que a coisa que menos tenho com a minha família são imagens que guardem os pequenos momentos que vivemos no nosso dia-dia.

Após alguns anos, um fotógrafo que eu admiro muito se tornou praticamente meu irmão. E escolhi ele pra registrar alguns momentos como esses. Pois, de alguma forma, achei que deveria ser um olhar diferente do meu para registrá-los.

O que eu estava buscando não eram apenas retratos, era um experiência muito maior que essa. Foi então que comuniquei o Lucas, que ele seria o responsável. Pedi que ele passasse alguns dias com a gente, sem a intenção de fazer um ensaio fotográfico, mas que em algum momento uma pequena sessão de fotos poderia acontecer. Mas o que eu realmente buscava eram os momentos onde as pessoas se esqueciam da câmera e continuavam suas relações independente de ter uma câmera presente.

Hoje recebi o resultado, e em cada imagem percebi o meu sorriso se abrindo, ou as vezes até dando gargalhadas. Por que cada imagem é o registro de um momento verdadeiro, das coisas que vejo e vivencio, mas nunca tive fotografado. Uma prova das coisas boas e simples que as vezes não prestamos atenção no nosso dia-dia.

Inevitavelmente, várias vezes estou com o copo na mão. Rs.

Vou ter registro para sempre das peripécias e dos olhares que eu e minha vózinha, Dona Lely, trocamos sempre que estamos juntas. Das caras engraçadas que Seu Lombardi (meu pai) faz, quando está tentando ficar sério, ou da cara de carinho com os cachorros, quando ele diz que não gosta deles. Do olhar tímido da Dona Salete (minha mãe) de quem tá gostando, mas não fala nada. Por que se ela não tivesse gostando ai sim, vocês iam ver uma pessoa falando, e defendendo uma tese diante e um juri. E até mesmo nas fotos em que a minha irmã esqueceu de estar presente, a gente vê o quanto ela tem um espírito livre e as vezes só esquece de pousar.

Acho que em nome da família, fiquei como porta-voz do agradecimento que temos pra dar ao Lucas e a Vivi, ahhhh e a Madalena, por terem passado esses dias fantásticos e tranquilos com a gente, e ao Lucas principalmente por nos proporcionar esses momentos em imagens, que de agora em diante serão revividos nostalgicamente por muitas e muitas vezes a cada vez olharmos para as fotos.

EFC_0015EFC_0027EFC_0032EFC_0055EFC_0073EFC_0079EFC_0081EFC_0089EFC_0092EFC_0099EFC_0126EFC_0131EFC_0142EFC_0152EFC_0163EFC_0224EFC_0270EFC_0402EFC_0437EFC_0501EFC_0505EFC_0506EFC_0552EFC_0556EFC_0572EFC_0595EFC_0600EFC_0618EFC_0651EFC_0669EFC_0682EFC_0697EFC_0725EFC_0731EFC_0829EFC_0847EFC_0871

Fotos: Lucas Lermen

Ana Lucia + Nelmo – 50 anos

Alguém ja parou pra pensar, quantas pessoas tem a oportunidade de passar mais de 50 anos com a pessoas amada? Quantas pessoas teriam essa oportunidade, mas deixam escapar entre os dedos por coisas pequenas? E quantas fazem a oportunidade acontecer diariamente?

Essa é a história do Ana Lúcia e do Nelmo. Essa família criou dentro mim uma vontade louca de sair do ensaio correndo e começar a minha própria família, só pra eu poder comemorar daqui  50 anos.

Uma das formas mais lindas de comemoração que eu já tive a oportunidade de participar, pois eles vieram de longe, do Rio Grande do Sul, de férias com toooooooda a família, pra passar alguns dias nesse pequeno paraíso que é Governador Celso Ramos – SC.

Eu não conhecia ninguém da família, e pouco a pouco foram chegando e sentando ao meu redor, eu me sentindo num programa de entrevistas, querendo saber tudo. Por que esse casal é simplesmente apaixonante. Não consegui encontrar outra palavra pra definir os dois. Pois visivelmente, eles são um dos casais mais apaixonados que eu já conheci.

E dessa paixão linda, veio a Luciana, querida, que fez todos os contatos comigo, ela casou com o Moisés, divertido e espontâneo, e então a Natália, filha linda, cabelos cor de por-do-sol, super interessada pela fotografia.

E depois a Patrícia, mais quieta, que casou com o Marcelo, sério e simpático, que fizeram a Lívia e a Mariana, essa que fez o reconhecimento de cada centímetro quadrado de todo o espaço fotografado.

E então a Melissa, caçula sorridente, que casou com outro Marcelo, nem tão sério quanto o primeiro, e então vieram a Bruna, a Gabriela e sim, o Rodrigo, que veio pra fortalecer o time dos homens, pois já estava se sentindo desfalcado, e sem muita voz, com tantas mulheres lindas. Mas o Digo não deixou barato, ocupou todo o espaço, junto com a Mariana, fizeram uma ótima dupla, no trabalho de exploradores e aventureiros.

Quero mais milhares de dias como esse!

1234567891011121314151617181920212223242526272829303132

Fotografia: Carol Lombardi e Guilherme Rodrigues

Governador Celso Ramos – SC